Com a velocidade que a tecnologia evolui, já é possível usufruir de aplicações práticas no nosso dia a dia da internet das coisas. Podemos observar a internet das coisas na evolução dos tratamentos médicos, na reconfiguração do trânsito e também na preservação do meio ambiente. Este último tema tem sido abordado de forma mais frequente nos últimos anos, motivado pela constante preocupação com o aquecimento global e o uso inteligente dos recursos naturais.

A Internet das Coisas – ou IOT (Internet of Things), como é conhecida a sigla, é a digitalização do mundo físico e a conectividade total entre as pessoas e os objetos. Ela interliga os objetos no universo digital através da rede, que permite ao ser humano o conhecimento do estado desses mesmos objetos. Esta tecnologia auxilia, por exemplo, a evitar o uso indevido de energia ou desperdiçá-la.

Além disso, quando esses dados são monitorados, podem ser expostos para que as pessoas se conscientizem sobre nosso consumo dos recursos naturais, bem como uma reeducação para manutenção e preservação dos mesmos. Diversas cidades no mundo já se beneficiam da IOT para monitorar a qualidade da água, do ar e da emissão de som.

Essa inovação, que tem ganhado cada vez mais espaço no mundo corporativo, pode ser conferida na CASACOR São Paulo, no espaço WC Linha, das arquitetas Vanessa Trad e Nathalia Dalberto. Com o intuito de aproximar as pessoas aos ambientes com as quais interagem em um nível mais objetivo, Vanessa e Nathalia utilizaram-se da tecnologia de digitalização do mundo físico para registrar informações a respeito do consumo de recursos como água, energia e qualidade do ar, além de evidenciar o estado de ocupação e uso do espaço.

Imagem: Divulgação

A comunicação desse consumo ao público acontece em tempo real, através de um painel digital, potencializando a interação do visitante com o espaço. ” É uma interface de realidade aumentada para a personalidade digital do ambiente em um mundo onde o virtual e o físico passam a compor de forma complementar a identidade das coisas. Contudo, não apenas registra detalhadamente o uso do espaço, mas também contribui para conscientização dos usuários sobre o impacto de suas atividades no meio ambiente”, comentam as profissionais.

“A tecnologia nos auxilia a entender não só o impacto ambiental que causamos a cada escolha que fazemos, mas também nos auxilia a visualizar o uso e o consumo de alguns parâmetros. Por isso, criamos ambientes mais eficientes e humanizados que informam através de um monitor os dados gerados através dos sensores . Água, energia, ocupação, qualidade do ar e fluxo são algumas das possibilidades de monitoramento da tecnologia criada pela Omni Electronica.”

Recommended Posts