De acordo com os dados apurados no primeiro trimestre do ano, divulgados nessa quarta-feira, 08, a Kepler Weber iniciou 2019 com resultados positivos. Os números apontam lucro líquido de R$4,1 milhões, performance que denota recuperação frente ao prejuízo líquido de R$ 10,6 milhões reportados no mesmo período de 2018.

Nas demonstrações financeiras, outros destaques deste primeiro trimestre de 2019 são o lucro bruto da Kepler Weber, que alcançou R$ 27,1 milhões, variação de 292,8% frente o 1T18. Já a receita líquida atingiu R$ 137,5 milhões no 1T19, aumento de 26,6% em relação ao mesmo trimestre de 2018. Já o EBITDA da companhia somou R$ 15,3 milhões no 1T19, frente aos R$ 3,1 milhões negativos no 1T18.

Para Piero Abbondi, os números mostram que o posicionamento estratégico da companhia está trazendo os efeitos almejados, refletidos em seu desempenho econômico-financeiro. “Os dados revelam o comprometimento com a gestão de custos, despesas e preços, resultado da implementação do sistema Lean, e na busca pela otimização da produção, desde a concepção do produto até o pós-venda”, informa.

O resultado chega no momento que a companhia lança o Sync, plataforma baseada no conceito IoT (Internet das Coisas) para sistemas de armazenagem, realizada recentemente na Agrishow, em Ribeirão Preto/SP. Fruto de um projeto maturado por 3 anos, o lançamento do Sync reforça a vanguarda da Kepler como uma das companhias brasileiras mais inovadoras do setor de equipamentos para armazenagem de grãos.

A nova tecnologia aproxima a indústria 4.0 do segmento de armazenagem e permite o monitoramento remoto dos sistemas de armazenagem diretamente de smartphone, tablet ou desktop. Adicionalmente, oferece benefícios como: gestão eficiente das condições de armazenagem dos grãos, prevenção de riscos por falhas operacionais e agilidade nas tomadas de decisão, por meio de alertas de eventos críticos que podem ocorrer na unidade armazenadora. Com a tecnologia, o produtor rural tem mais uma ferramenta para monitorar a qualidade dos grãos, reduzir perdas e melhorar a produtividade no campo.

Recent Posts